Ahhh, Chico! Cansei de você, apesar de você!

 

Aaaaaaaahhhhhhhhh!!! Desculpem!

 

Desculpe-me, Tartaruga! Desculpe-me, mãe! Desculpe-me minha cupida (você sabe quem você é!), Desculpe-me, amigo Mau que toca Chico! Mas eu não gosto mais dele!

Ah, Chico! Por que? Por que declarar-se "afinado" com o Lula e o PT, em ano de eleição? Para que entrar no âmbito político novamente, se como comentarista político você é tão genial letrista? Por que deixar passar a oportunidade de calar-se?

Eu parei de escrever aqui, justamente porque estou envolvida com política, este ano, e não quero ser tendenciosa. Mas minha decepção com o posicionamento tão claro e pessimista (não mudaria se fosse Serra? Então vai votar em Dilma? Ah, Chico! Que infelicidade!), que o País anda ruim e VAI CONTINUAR, teve que ser documentado! Porque não há nada que me "desgoste" mais da vida do que a falta de esperança no bom!

Poxa, Chico! Quase todos nós, seus fãs, leitores, seguidores...todos estamos reticentes em relação a mudanças, porque estamos vivendo há muito sem nada! Mas sejamos, os formadores de opinião, pelo menos (eu formo opinião, às vezes, apesar de ser um ser insano!), otimistas! Sejamos idealistas! Sejamos todos os "istas" que possam contribuir, pelo menos, para alimentar com um pouco de esperança, às almas tão carentes de tudo, que somos hoje.

Enfim, mais triste que o meu pesar político, porque política, religião e futebol eu não discuto, é o meu pesar pelo ser humano.

Eu quase te amava! E não é pela Dilma, porque quem sou eu para saber, hoje, o que a mulher vai fazer, se na presidência do País? Então, não quero questionar, longe de mim, sua posição política. Mas sua posição HUMANA me incomoda PROFUNDAMENTE!

Até o seu próximo momento de lucidez, ou de insanidade poética. Sem poesia, não te quero mais!

 

Beijo,

 

Kay

 
 

A volta da minha revolta!

 

A ironia do título deve-se à constatação para o fato: foi só voltar, e sair do autismo romântico em que nos colocamos durante a lua-de-mel, para perceber que tudo continua a mesma merda! E eu vou usar esse termo, sim, inteiro, sem pontinhos e sem velar palavras, porque a humanidade não passa disso. Somos um bando de cocôs pensantes!

Uns fedem mais, outros menos, alguns conseguem ser quase cheirosos, mas somos uns cocôs!

Sabem por que temos, hoje, que lidar com tantas mortes? Que temos que assistir ao mundo desabando? Que só tem notícia triste nos programas noticiários na televisão, ou qualquer outro meio de comunicação? Porque temos EGO demais!

Por que o mundo tem que ter blocos comerciais separados, se somos todos farinha do mesmo saco? Por que as diferenças entre moedas? Por que uns têm mais dinheiro que os outros e, mais profundamente ainda, por que é mesmo que precisamos de dinheiro (não é neste post que eu vou entrar no mérito desta questão)?

Para satisfazer aos nossos "egos cêntricos", sempre carentes de alguma coisa!

Se o mundo fosse unificado, precisaríamos de um líder? Se não houvesse um lider, mas sim, vários? Se fosse como acontece entre os chamados irracionais, que se agrupam somente geograficamente e cada pequeno agrupamento tem um líder, mas sabendo que a união faz a força? Por que é que entre nós não funciona?

Porque todos (genericamente falando) querem liderar! Mas não querem exercer a liderança para ajudar ao todo, mas sim, resolver simplesmente o maldito problema de ego! Porque o ser humano é o ser que nasce mais sozinho!

Não temos vínculos intra uterinos com mais nunguém, além de nossas mães! Claro que com exceção dos nascimentos de múltiplos, que são mais raros. Portanto, o ser humano passa seus primeiros 9 meses de vida sem dividir NADA com ninguém, além da mãe. Será que é por isso que somos tão individualistas?


O formato de nossos olhos nos dá a chamada "visão periférica", mas ela é limitada demais! Será por isso que não temos muito dom para olhar para os lados e enxergar o próximo?

E o pior! Para seres tão cheios de defeitos, foram dadas tantas qualidades, que fomos capazes de acabar com o mundo e causar danos irreversíveis!

Estamos na semana da Terra! Ontem foi "Dia Mundial da Água", sábado, dia 27/03, tem, das 20:30 às 21:30 horas, "Hora do Planeta"! Mas nem em semana da Terra, a maioria das pessoas não consegue olhar para o mundo em que vive com um pouco mais de respeito! As pessoas amam o material, então, amam seus lares mas não amam o lar maior, onde o menor está inserido!

Que o último se dê, pelo menos, ao trabalho de apagar a luz!

 

Beijo,

 

Kay


 
 

A Explicação

Leitores,

 

Todos vocês sabem que "maridão" era marido apenas no coração.

Ééééééééééééé!!!! Sumi porque me casei de verdade! E saí em lua-de-mel! Uma lua-de-mel divina, que eu jamais imaginei que fosse ter na vida!

Entendam! Blogar, estava fora de cogitação!

Mas eu cheguei ao Brasil antes de ontem e, agora inspirada, voltei!!!

 

Beijo,

 

Kay

 
 

A utilidade pública, a serviço da inutilidade!

 

CHOQUE DE ORDEM!!!!

É o novo modelo carioca de gestão! Desde que o atual prefeito assumiu, ele resolveu adotar essa "Campanha", que visa (ou visava, ou um dia visou, ou só eu fui otária de acreditar que visava), organizar e trazer paz a esse caótico e violento Rio de Janeiro.

Sr. Prefeito, desculpe, mas se o senhor pensa realmente que está agradando, o otário é o senhor!

Qual é o MAIOR caos do Rio de Janeiro, que atinge a TODAS as classes, em TODAS as regiões? O TRÂNSITO!!!!!!!!!! O cara entupiu a cidade de radar, mas entupiu MESMO! E eu sou paulistana, hein! E.....SÓ! Aumentou a arrecadação absurdamente, mas o carioca continua o ser mais assassino no trânsito e o trânsito daqui continua o mais caótico que eu já vi na vida. NA CARA DO GUARDA, que geralmente, está ocupado demais, batendo papo com alguém, para perceber que o ônibus está raspando o seu carro e não vai parar!

A praia? Ahhh!!! ESSA ele quis organizar! Afinal, a praia gringo vê! Gente, não existe coisa mais ridícula do que padronizar cor de guarda-sol!

Ah! Existe sim! Achei mais uma! Acabar com o Baixo bebê, no Leblon, onde os pequeninos brincavam. Afinal, tirar brinquedo de criancinha é ordem!

As duas informações acima me foram dadas pelo meu melhor amigo, que também está revoltado.

Eu já andava revoltada desde que ele encheu a boca para falar que ia desocupar favela (como se a GUARDA MUNICIPAAALLLLL, ÚNICA POLÍCIA QUE ELE TEEEMMMMM, fosse enfrentrar, desarmada, os ocupantes das favelas), que ia tentar reduzir o tráfico de drogas....ah, filho! Começa mais embaixo, vai!

Eis que agora a cidade está lotada de regras inúteis, você está sendo multado sem nem saber por que (maridão levou uma multa que até hoje a gente não entendeu) e o carioca, que já era folgado e violento (estou generalizando pela maneira como sou tratada todos os dias), está sendo estimulado pelo próprio prefeito a continuar com esse comportamento, porque o prefeito está revoltando os amantes da praia...e são muitos!

Dia desses eu abordei um guarda, para saber se ele achava lógico, deixar duas pistas para uma conversão que só pode ser feita por um carro de cada vez (É PEDIR para dar caquinha, né?), pois ela se afunila. Resposta: "Sabe, moça, eu também não entendo! Mas eu só cumpro ordens, né! Nem posso dar sugestão!". Nem o cara que garante o absurdo sabe por que o absurdo acontece!

E o pior? Eu canso de dizer que a população tem que deixar de ser passiva, porque você não é mais dono da sua vida! Sua vida, agora, tem vários donos: "Eles"! E quem sai de maluca sou eu, mas o cidadão de bem, hoje, sucumbe até a caco de vidro em mão de criança franzina!

RE-A-ÇÃO! É a única solução!

Levanta daí!

 

Beijo,

 

Kay

 
 

Excesso de informação dá tilt!

Eu sou uma moleca meio "passada".

Balzaca, com muito orgulho, eu frequentava os "flipers" (em São Paulo a molecada chamava pequenos locais com várias máquinas enfileiradas, para jogar fliperama, de fliper) e, claro, quando a bolinha de metal - impulsionada por duas alavancas mecânicas acionadas por dois botões laterais, para você arremessar a bolinha pelo jogo e fazer seus pontos -  ficava presa num local não muito agradável, você dava aquela "chacoalhadinha" na máquina e, se não fosse muito delicada, essa "chacoalhadinha", a máquina dava "tilt". Eu, ogra desde o nascimento (eu era a criança maior e mais forte, da minha idade na minha turminha), SEMPRE dava "tilt" na máquina porque a minha "chacoalhadinha" assemelhava-se a um abalo sísmico na casa dos 7 graus da escala Richter.

Enfim, estou com "tilt" na mente, hoje!

Hoje eu rodei o Rio de Janeiro, conversei com 4 taxistas diferentes, tive terapia com a psicóloga, depois psiquiatra, depois meu grande amigo Filósofo, já citado em post anterior, e, na sequência, minha guru! Ai, ai, ai!

Eu preciso dizer que a crise começou porque todos acham que eu sou maluca....e se vocês acompanham este blog, durante um tempo eu vivi MUITO confortável assim, só que quem perde a sanidade perde o respeito! E as pessoas já não me respeitam mais, porque intitularam-me de maluca, quando eu só quero ser Feliz, sem ferir nem a mim, nem ao planeta e nem a ninguém!

Na psicóloga, eu tratei que preciso mudar a minha forma de abordagem, para parecer mais real! Porque se eu mesma aceito o rótulo, como faço para tirá-lo de mim, agora?

No psiquiatra eu tratei de sentir a maior paz do mundo, porque se existe sala onde eu me sinto SEGURA, é a sala do Dear Doc! Porque a evolução daquele ser, associada ao aconchego da sala, faz com que eu QUASE a prefira ao meu quarto, que é, hoje, o meu lugar predileto! E eu resolvi, com ele, que eu sou naturalmente subversiva e que eu vou me divertir assistindo ao BBB 10! E depois nego não sabe porque eu amo o meu psiquiatra!

Com meu amigo Filósofo, tratei da alma, pois ele, como eu disse antes, é uma pessoa iluminada! Só não é levado a sério porque escolhe mal, como eu, seus métodos de divulgação. Mas entre nós, não somos malucos, somos cheios de amor no coração! E se você conversa com seus iguais, parece que o mundo (repito, por "mundo", entendam "pessoas") não é tão hostil assim!

Com minha guru, reforcei que para mim, eu sou normal! Maluco é o mundo, que prefere, confortavelmente, não entender o que entendo, não ver o que vejo! E se eu sou maluca, quem não é? E citamos Tolstoi, porque "de perto, ninguém é normal" (o pensamento mais perfeito do universo, na minha opinião) e brincamos de "quem vai ao meu velório"....que é um método de avaliação das pessoas, divertidíssimo, que ela inventou um dia, mas que eu vou blogar em outra hora!

E agora, eu talvez saiba como "tirar a bunda da janela", como aconselhou minha psicóloga; ser subversiva assistindo ao BBB 10, afinal, jamais esperariam isso de pessoas como nós, como aconselhou Dear Doc; sorrir com orgulho de mim, e sem timidez, quando me dizem que sou bonita (por dentro, por fora eu sempre soube tratar); e ter a capacidade de rir, MUITO, de mim, de minhas limitações e do fato das pessoas acharem que EU é que sou maluca!

 

Será? O "tilt"deu um pouco de dor na cabeça! Amanhã eu penso mais!

 

Beijo,

 

Kay

 

 
 

GEEEEEENNNNTE!!! E NINGUÉM ME AVISOU QUE ESSE BLOG ESTAVA UM SACO! CREDO!

Bom, eu continuo com a mesma linha de pensamento, mas credo! Como eu ando baixo astral! E isso não tem NADA de mim! Baixo astral não é comigo!

Eu sou toda energética, maluca, prego a teoria do Caos, enquanto aterrorizo a chefe (agora ex), com milhares de teorias sobre 2012 e sobre a morte e pós morte, e Shiva, e transformação....

Ao mesmo tempo, moro no Rio de Janeiro, uma cidade que tinha tudo para ser completamente "astral", e acabo odiando porque energia da "Mãe" em mãos e doses erradas faz mal! O que eu quero dizer é, de tão positivamente energizada, a cidade acabou ganhando uma energia negativa.

Bom, mas voltando a mim e a minha "charmosa" prolixidade (o charmosa ficou SÓ por minha conta MESMO, porque essa, nem Queridão vai engolir!) e famosa (rimouuu!! Foi sem querer!) verborragia, eu sou uma moleca disfarçada num corpo de "Balzaquiana muito bem resolvida, inclusive com a obra de Balzac". Eu quase uso Maria Chiquinha! Eu me recuso a crescer, com veemência feroz, todos os dias! Eu sou boba, infantil, a palhaça!!! Eu PRECISO passar um pouco disso aqui, afinal, fazer rir também é fazer bem!

Então, decido que, no meio do conteúdo dramático e contestador, vou inserir: "As mais engraçadas histórias reais de que já tomei conhecimento". Não vale história de pescador! Eu só vou colocar o que me contaram! É óóóóbvio que eu vou dividir muito pouco das minhas histórias, porque, afinal, diversão, para nós, pequenos de alma, é ver o errado acontecendo com o outro!

Começando pela campeã de audiência, em minha opinião, contada por uma amiga da Crisoca, que era amiga da protagonista, que eu vou chamar aqui de Grazi e o marido, Gustavo.

Grazi e Gustavo eram um feliz casal recém casado, quando Gustavo, por força do cruel sistema, ficou desempregado.

Desempregado é aquela beleza! Você trabalha mais que a casa inteira, mas TODAS as obrigações são suas, porque você tem tempo! Mamãe gosta de dizer que passa a se chamar "Jaqui", porque "já que você não trabalha, leva esse papel aqui lá na pqp à direita, para mim, poooor favor?".

Ops, voltando à história: Gustavo desempregado e o sifão da pia da cozinha apresenta um vazamento! Pra começar, sifão é serviço de menino mesmo, então, Grazi tinha TODA a razão para chegar em casa, sei lá quantos dias de vazamento depois, e dar um chilique, diante do cansaço do trabalho dela e da falta de providências dele, em relação ao assunto.

Enfática, Grazi resolve impor, de uma vez: "Gus-ta-vo! Olha aqui, Gustavo! Ai! Eu não sei, não, viu! Eu não sei mais o que eu faço com você! Olha aqui, Gustavo, eu tomarei um loooonnnngo banho e, quando eu sair do banho, eu só vou querer te ver, se for de providência tomada em relação a essa pia! Eu não estou dizendo que é para VOCÊ consertar, mas, se não sabe consertar, chame quem o faça! MAs FAÇA alguma coisa!"

Foi!

Voltou, uma hora depois, vestindo um robezinho, toda cheia de óleos aromatizados e produtos hidratantes e cheirosos pela pele, quando se depara com um traseiro masculino virado para a porta, em sua cozinha, e o resto do homem lá, arrumando o sifão!

Empolgadíssima, porque mulher ADORA dar uma ORDEM e adora mais ainda se é imediatamente cumprida, ela logo se encheu de amor para dar e chegou sorrateira, por trás dele, carinhosíssima, debruçou-se sobre aquele corpo sob a pia, deu aquela pegada no material auxiliar dependurado do rapaz e perguntou, quase miando: "De quem é esse saquinho lindo?"...

E vira-se o porteiro, do prédio: " É meu!"

"Aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh!!!! Aaaaaaaaaaaahhhh!! Aaaannhh! Ahh! Gustaaaaaavoo!"

Gustavo? Quase fez xixi na calça de rir. Estava no sofá, assistindo à mulher pagar o mico do século, de camarote!


Tá, a mulher foi chiliquenta, ok! MAs tem marido que, às vezes, merece ser cozido, viu!!!

 

Quem me conhece, tem certeza absoluta que essa história não é minha por três motivos muito básicos:

- Eu não tenho certeza de que o meu marido saiba o que é um sifão e onde ele costuma apresentar vazamentos;

- Nenhum adulto, à exceção do cachorro, cabe entre o sifão e a geladeira, de quatro; e, por último , mas nada menos importante,

- Eu conheço a bunda do meu marido!

 

Beijo,

 

Kay Gump

 
 

Sinceramente, quanto mais eu lido com o "ser humano", mais o meu psiquiatra ganha tempo comigo!

Ainda bem que eu amo o meu psiquiatra!

Ainda bem que, além dele, eu tenho uma psicóloga também!

Ainda bem que eu tenho condições de comprar meus remédios todo mês....

 

Porque: PELAMORRR!!!! Depois ninguém sabe porque eu prefiro cachorro!

Minha mãe sempre ficou chateada, ou curiosa, ou sei lá o quê, por eu ter tanta compaixão com animais e tão pouca com seres humanos!

Porque desde pequena eu nunca tive problema nem com um ratinho sequer! Mas com gente...credo! Principalmente mulher! Sábio foi aquele quem disse "Não se pode confiar num bicho que sangra por 5 dias e não morre!". Eu não conheço o autor, mas o parabenizaria por essa!

Eu, particularmente, sou uma pessoa ultra abençoada e tenho MUITA gente de bem ao meu lado, mas eu tenho pena do resto da humanidade, às vezes! Tirando a brincadeirinha sobre mulheres (mas eu realmente não nos acho confiáveis! Somos passionais demais para sermos confiáveis), a cada dia que passa parece que eu tenho mais e menos a dizer, porque tento inspirar, falar, ser ouvida/lida, mas, ao mesmo tempo, deparo-me com o fato de ser muito pouco levada a sério pelo meio. Geralmente, só consigo papo sério mesmo com meu marido e meu psiquiatra.

Eu completei os benditos 31 anos e entrei meio que em crise existencial, desde então. Não! Não porque a idade me incomode, mas porque fazer aniversário me leva a pensar a existência e eu estou numa fase de "para que?".

Pensei em 2012. Pensei nas últimas tsunamis. Pensei nas chuvas de Angra. Pensei nos alagamentos matando pelo País. Pensei no Haiti...

Aí pensei naquelas cenas bárbaras de soldados e envolvidos na distribuição de donativos ao povo de Santa Catarina, roubando o que eles pensavam haver de melhopr, desviando de gente que não tinha mais NADA.

Então, vi pela televisão cenas horrendas, de gente saqueando arroz, das ajudas humanitárias, ou qualquer outro tipo de comida, e vendendo aos famintos e sedentos haitianos.

E quando eu digo que a Natureza está se revoltando contra a barbárie humana, neguinho diz que eu sou maluca!

Com muito prazer!!!

 

Ainda Confusa e Embasbacada,

 

Kay

Vamos lá, mamíferas irracionais!!! Vamos reproduzir porque "Deus nos deu o dom"!

 

Na boa, em 90% dos meus dias vem o papo "E o filhinho? Vem quando?". Porque eu sou recém casada, porque eu faço trinta e um, esse mês, porque eu TENHO condições de criar uma criança....

E DAÍ? Alguém já me fez a pergunta na ordem contrária? Ou seja: ao invés de QUANDO eu vou "seguir a vontade de Deus" e ser uma parideira cumpridora de uma missão divina, mas que racionalmente, nos dias atuais, não faz sentido nenhum, perguntar "você tem vontade e CORAGEM para reproduzir?".

EU não tenho CORAGEM!!! Porque enquanto o Brasil bomba os índices de audiência e acompanhamento pela internet do BBB 10, EU estou acompanhando o terremoto no Haiti, porque, sinceramente?, eu OPTEI por não fugir!

Tudo isso, eu já entendi! É o mecanismo de fuga que as pessoas usam para sobreviver a esse (meio)ambiente hostil que nos está sendo oferecido. Então, vamos ser robôs! Vamos fazer o que a maioria faz, então, estaremos seguros. Se "Deus" (ou qualquer outra denominação equivalente) deu às mulheres o "dom" de reproduzir, sejamos, então, discípulas divinas, não importa se o mundo está se deteriorando ou não, VAMOS PARIR!!!

Gente, alguém, por favor, conserte o despertador e acorde esse povo, porque é absurdo estimular a reprodução num país como o Haiti, não pelo terremoto somente, mas:

"O Banco Mundial estimou que a nação mais pobre da América perderá mais de 15% de seu Produto Interno Bruto (PIB) por causa do terremoto. Em 2008, o PIB haitiano teve queda de 15% devido a quatro tempestades tropicais, mas o Banco Mundial acredita que desta vez a destruição superará esse nível, dado que o desastre afetou uma área maior e especialmente Porto Príncipe, a capital. "

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/internacional/2010/01/13/ult1859u2225.jhtm

 

ALGUÉM, ALÉM DE MIM, LEU O TRECHO "NAÇÃO MAIS POBRE DA AMÉRICA"??????

E a gentil senhora, católica, irmã de Cardeal Arcebispo, pede, segundo reportagem, em carta que procurem as gestantes para dar apoio...até aí, normal, mas: "Na carta, Arns afirma: "no mês que vem [janeiro] tem mutirão em busca das gestantes. Comece desde já a organizar o mutirão em sua comunidade. Fique sempre de olho nas novas gestantes. Seu apoio é muito importante para que elas tenham uma gravidez saudável e feliz"."

Fonte: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010/01/13/ult5772u7048.jhtm

 

Vai soar para as maioria dos leitores como frieza e crueldade, mas não devia estar, essa senhora, batalhando para diminuir a natalidade no País?

Lutando por programas de adoção, para crianças que serão, quase que certamente, subnutridas e subdesenvolvidas?

Sem hipocrisia, pelamor! "Gravidez saudável e feliz" NO HAITI?????

 

Lamentando muito, pela tragédia, em geral, termino com Gilberto Gil e Caetano Veloso, de 1993:

"Haiti.

Quando você for convidado pra subir no adro da
Fundação Casa de Jorge Amado
Pra ver do alto a fila de soldados, quase todos pretos
Dando porrada na nuca de malandros pretos
De ladrões mulatos
E outros quase brancos
Tratados como pretos
Só pra mostrar aos outros quase pretos
(E são quase todos pretos)
E aos quase brancos pobres como pretos
Como é que pretos, pobres e mulatos
E quase brancos quase pretos de tão pobres são tratados
E não importa se olhos do mundo inteiro possam
estar por um momento voltados para o largo
Onde os escravos eram castigados
E hoje um batuque, um batuque com a pureza de
meninos uniformizados
De escola secundária em dia de parada
E a grandeza épica de um povo em formação
Nos atrai, nos deslumbra e estimula
Não importa nada
Nem o traço do sobrado, nem a lente do Fantástico
Nem o disco de Paul Simon
Ninguém
Ninguém é cidadão
Se você for ver a festa do Pelô
E se você não for
Pense no Haiti
Reze pelo Haiti

O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui

E na TV se você vir um deputado em pânico
Mal dissimulado
Diante de qualquer, mas qualquer mesmo
Qualquer qualquer
Plano de educação
Que pareça fácil
Que pareça fácil e rápido
E vá representar uma ameaça de democratização
do ensino de primeiro grau
E se esse mesmo deputado defender a adoção da pena capital
E o venerável cardeal disser que vê tanto espírito no feto
E nenhum no marginal
E se, ao furar o sinal, o velho sinal vermelho habitual
Notar um homem mijando na esquina da rua
sobre um saco brilhante de lixo do Leblon
E quando ouvir o silêncio sorridente de São Paulo diante da chacina
111 presos indefesos
Mas presos são quase todos pretos
Ou quase pretos
Ou quase brancos quase pretos de tão pobres
E pobres são como podres
E todos sabem como se tratam os pretos
E quando você for dar uma volta no Caribe
E quando for trepar sem camisinha
E apresentar sua participação inteligente no bloqueio a Cuba
Pense no Haiti
Reze pelo Haiti

O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui"

 

Com dor no coração, pensando no Haiti, rezando pelo Haiti,

 

Kay

 
 

Parabéns, Amiga!

 

Este post é de ontem, porque, assim como a tecnologia às vezes nos economiza quilômetros em distância, muito tempo e muito dinheiro, às vezes ela nos trava, porque viramos escravos dos meios tecnológicos (fiquei sem internet e telefone, ontem). Mas esta viagem vai ficar para depois, afinal, isto é um post de "Parabéns!"

 

Parabéns, Amiga!!!

 

Não, Ro! Você é uma pessoa maravilhosa e também faz aniversário hoje, mas o método escolhido para enviar os meus votos a você foi outro. E você mesma, sendo a amiga maravilhosa que é,  sabe que hoje é dia de um outro aniversário, de uma pessoinha que é uma das mais importantes na minha vida!

Então, Parabéns, amiga namorada dele! Eu adoro você, principalmente pelo bem que está fazendo ao meu irmãozinho de coração! Você é marvilhosa como amiga e uma ótima pseudo-cunhada!!!

 

Irmão,

 

Foi a conjunção astral mais perfeita que me fez ter a idéia de descer para fingir que tinha necessidade dum cigarro, quando eu precisava era saber de você, como um gato curioso, quando encontra algo diferente na sala!

Sabe quando reconhecemos um amigo? Na lama! No bem e bom, na festinha, na mesa do bar, TODO MUNDO é melhor amigo! Mas na LAMA, você, muitas vezes, levanta a cabeça e não vê ninguém.

E o legal, é saber, hoje, que comigo isso JAMAIS acontecerá, porque SEMPRE que eu levantei a cabeça, no meio da lama, você estava lá! E SEMPRE que você pôde, você foi quem me estendeu a mão para sair de lá! E o mais legal que isso? É que se na tristeza você é bom, na alegria você É MELHOR AINDA!!!!!

Apesar de me irritar, assim como os irmãos, de sangue ou não, se irritam, eu te amo. Justamente porque eu nunca deixei de te amar por mais de um dia, porque nós nunca conseguimos ficar contrariados um com o outro por mais que isso!

Mais um ano! Você também, seja bem vindo aos trinta!!!!

E continue muito, mas muito feliz!!!

 

Beijo,

 

Kay (a sua criação, que te deve o apelido e o casamento!!!)

 

 
 

A pessoa no mapa.

Hoje, estava eu batendo papo com minha guru/mãe/amiga/torcedora...enfim, uma das pessoas que mais amo no mundo, a quem SEMPRE consulto e com quem SEMPRE divido.

Ela, possui um marido muito reservado, fechado, muito pouco falante e um tantinho "atrapalhado", mas a colocação que ele fez, foi praticamente a perfeição!

Ela, havia sido incomodada por uma pessoa, e comentava o fato com ele, quando ele perguntou: "Quem é esta pessoa?" - Ela: "Como assim? Acabei de falar o nome!" - Ele: "Mas QUEM É ESTA PESSOA?" - Ela: "Você está maluco?" - Ele: MOSTRE AQUI, PARA MIM, NO MAPA MUNDI!!! QUEM É ESTA PESSOA????"

Eu preciso comprar um mapa mundi! Urgente! Eu preciso perceber que as pessoas que me incomodam não podem ser vistas do espaço, portanto, elas não podem me incomodar mais do que a luz do dia ou a escuridão da noite! E estes, assim mesmo, não me incomodam! Pelo contrário, sou apaixonada por ambos.

Então, preciso concluir que, apesar de não concordar com a maioria das pessoas, eu amo a vida! Mesmo as opiniões divergindo tanto das minhas!

Então....quem é mesmo essa pessoa?

 

Beijo,

 

Kay

 
 

Pão e Circo

 

Oi, Pai!

 

Faz tempo que a gente não se fala, não é? Ou melhor, eu falo com você todos os dias, e no seu aniversário desse ano eu senti direitinho que você estava me fazendo um cafuné de manhã, quando eu acordei, e eu senti a sua presença comigo até umas 11 da manhã, quando você deve ter ido afagar seus outros filhos e sua esposa.

Sabe, pai. Eu estou te escrevendo porque hoje eu fui ao Circo. Lembra? Você tinha um ideal, de me levar para conhecer o circo!  Mas não pintava nada muito legal em SP e acabou que você se foi sem me levar. Mas hoje eu fui e quando me encantei tanto lá, eu sabia que você ia ficar encantado com o meu encantamento.

Foi lindo, paizinho! Eu fui com o meu marido, que você não conheceu, mas você ia gostar dele. Muito! Ele é meio parecido contigo, principalmente nas coisas que você fazia que me irritavam! É muito natural!

Eu ando tão acompanhada, mas tenho me sentido tão sozinha! E eu precisava ter tido mais tempo ao seu lado, para entender o que a doença fez contigo e te tratar com oitocentas mil vezes mais carinho e paciência. Mas eu era uma criança boba e, sinceramente, eu me arrependo muito de não ter sentado mais no seu colinho, te dizer que eu te amo, te dizer que por mais que eu fosse MEGA estourada com você, eu te amo. Muito!

Eu me lembro, também, que você queria me levar ao altar e queria dançar a minha valsa de formatura comigo. Senti sua falta nesses sonhos também.

Eu sinto MUITO a sua falta! Porque o amor que você me deu e me ensinou a sentir, só você sabia dar! E hoje, especialmente, eu precisava olhar para os seus olhinhos azuis pequeninos atrás daqueles óculos enormes, e ouvir você dizendo, naquela sua calma (que eu não herdei!) com todo o carinho do mundo "Filha, fica calma! A GENTE vai resolver!".

Perdoa, pai? Por eu ter sido tão imatura com você? Eu sei que sim! Sou sua filhotinha ainda!  No meu coração eu sei!

 

Estou te escrevendo porque você tinha razão: Eu AMEI o circo!

E te amei e ainda amo, muito!

 

Beijo,

 

Kay


 

Kay X Reflexão: mais um arrependimento musical!

Querido falecido Raul,

 

Peço-te, aqui, desculpas! Fui TOLA! Assim como seu ouro é de tolo.

 

Desculpe!

 

Beijos e descanse em paz,

 

Kay

 

Eu frequentei, durante aproximadamente 10 anos de minha vida, um bar tradicional por sua MPB ao vivo.

Quando nesse bar, eu SEMPRE morria de raiva de Raul Seixas, porque sempre havia um ou vários adolescentes completamente bêbados, gritando para evitar o vômito: "Toca Rauuuuulllll!" (na hora do "uuuullll" dá uma segurada na vontade de vomitar). E eu queria Chico, Tom, João Gilberto, Caetano (com suas músicas antigas, porque a nova fase não me agrada), Taiguara, Belchior, Lenine, Zeca Baleiro...mas tocavam Raul,porque lá o público manda!

Hoje, mais madura e mais ATENCIOSA, eu continuo não gostando da voz dele, meio maritaca sem fôlego, mas....UAU!!! Quanta identificação com essas letras!!! Por isso o pedido de perdão ao falecido, no começo do post.

Isso têm me oorrido há dias, talvez meses, desde que eu entendi a "mosca na sopa"!

Bom, eu me sinto a tola, do "Ouro de Tolo",hoje, que fico me permitindo essa depressão toda, quando:

Ouro de Tolo

Raul Seixas

Composição: Raul Seixas

Eu devia estar contente
Porque eu tenho um emprego
Sou um dito cidadão respeitável
E ganho quatro mil cruzeiros
Por mês...

Eu devia agradecer ao Senhor
Por ter tido sucesso
Na vida como artista
Eu devia estar feliz
Porque consegui comprar
Um Corcel 73...

Eu devia estar alegre
E satisfeito
Por morar em Ipanema
Depois de ter passado
Fome por dois anos
Aqui na Cidade Maravilhosa...

Ah!
Eu devia estar sorrindo
E orgulhoso
Por ter finalmente vencido na vida
Mas eu acho isso uma grande piada
E um tanto quanto perigosa...

Eu devia estar contente
Por ter conseguido
Tudo o que eu quis
Mas confesso abestalhado
Que eu estou decepcionado...

Porque foi tão fácil conseguir
E agora eu me pergunto "e daí?"
Eu tenho uma porção
De coisas grandes prá conquistar
E eu não posso ficar aí parado...

Eu devia estar feliz pelo Senhor
Ter me concedido o domingo
Prá ir com a família
No Jardim Zoológico
Dar pipoca aos macacos...

Ah!
Mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro
Jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco...

É você olhar no espelho
Se sentir
Um grandessíssimo idiota
Saber que é humano
Ridículo, limitado
Que só usa dez por cento
De sua cabeça animal...

E você ainda acredita
Que é um doutor
Padre ou policial
Que está contribuindo
Com sua parte
Para o nosso belo
Quadro social...

Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada
Cheia de dentes
Esperando a morte chegar...

Porque longe das cercas
Embandeiradas
Que separam quintais
No cume calmo
Do meu olho que vê
Assenta a sombra sonora
De um disco voador..."

 

Sonho? Ao invés de ouvir só "Toca Rauuuullll", ouvir às vezes, a mim mesma, para encontrar inspiração, para ouvir dos outros "Leia Kaaaayyyyyy".

Invejinha branca!

 

Beijo,

 

Kay

 
 

Falhei, mas estou escrevendo para tentar entender e te fazer entender!

 

Querida, que é muito provável que jamais faça idéia do quão querida é para mim,

 

Ontem eu cometi uma falha grave! Tentando atender a tudo e a todos, eu deixei de estar presente no dia do seu aniversário.

Presente em voz, em palavra, porque eu sei que você sabe que a presença física não seria possível, mas por favor, entenda! Jamais estive ausente de pensamento!

Os motivos não importam! Importa é que passou e eu perdi a oportunidade de aproveitar a data para te dizer o quanto você é importante para mim.

AMADA, é o que você é! Hoje, que eu te vejo direito, te considero minha irmã.

Perdoe-me pela chegada! Éramos duas crianças, só que eu era uma criança um ano mais velha e um milhão de vezes mais assustada, inclusive por conta disso! rsrsrsrs Porém, espero que assim como não faz mais sentido para mim, aqueles anos não façam mais sentido para você, porque o importante é que eu sei, hoje, a mulher de fibra, inteligente, realmente bonita de alma e a mais incansável das guerreiras, que você é!

Tenha mais um ano muito feliz, minha querida e OBRIGADA! Por existir, dessa forma, em nossas vidas!

Mas deixe de ser coração mole, como eu, porque essa golpista mirim já aprendeu certinho onde é o seu "Tendão de Aquiles": é exatamente no meio do coração, assim como na "megera" da tia dela, sabe?

Que te venham mais e mais primaveras, verões, outonos e invernos, sempre, recheados de muita saúde, muita paz, muito amor e muito sucesso!!!

 

E.....seja bem vinda aos 30!!!!!

Eu amo você, viu?

 

Beijo,

 

Kay

 
 

Bom, o post de final de ano tá aí, mas....

 

Eu preciso criar a história "Negão e sua frustração diária incessante, porque ele não pode cavar!"

É, humanos egoístas que DIZEM que AMAM cães, mas confinam animais em ambientes onde já há pouco espaço para dois seres humanos, em cidades completamente inadequadas para determinadas raças, os cães têm frustrações, graças a vocês!

Eu "tenho" um cão. É meu porque hoje quem ama, alimenta, nunca esquece a água geladinha, dá os medicamentos necessários quando necessários, leva e conversa com as veterinárias, sou eu. Então é meu! Mas eu tenho vergonha!

Todos os dias, o bichinho pega seu osso, antes de dormir, e vai tentar "enterrar". Eu moro num apartamento que não tem 50 metros e, claro, nem um centímetro de terra! Onde é que o pobre vai enterrar o osso? Então, todos os dias ele cava vários cantos diferentes do piso, dá uma ligeira choradinha enquanto não progride nada, até que desiste e esconde o osso atrás de algum móvel, ou leva para o cantinho da cama dele.

Ele está, como eu, fora, completamente, de seu habitat natural! A raça é inglesa, portanto, preparada para o frio inglês. Eu moro no Rio de Janeiro e cometo um crime ecológico gravíssimo, em vários dias de verão, porque o cachorro PRECISA do ar condicionado, ou passa a noite em claro, porque não está preparado para o calor daqui! Então, eu deixo o aparelho do outro quarto ligado para ele. Que me desculpe a população que também sofre com o calor, mas ao cão eu posso ajudar, à  população, não!

Ou seja, o carinha aqui é preto, então já passa mais calor, peludo, de raça (sou contra e todos sabem!) estrangeira e, para fechar a situação com chave de ouro, tem 50 centímetros de altura, pesa 19 quilos e mora nesse apartamento pequeno!

E as pessoas que compraram, compraram por amor! Pior que foi!

E semana passada eu ouvi que uma pessoa cria cães de raça, para venda, mas a pessoa AMA cães.

Poxa, gente! Vamos, novamente, avaliar nossos conceitos de AMOR?

Amor não é o carinho que temos a dar a um bichinho bonitinho que nos cativa. Amor, é olhar se a SUA necessidade de ter um companheirinho, condiz  com o conforto e saúde DELE. Será que você seria capaz de olhar para você, depois olhar para os lados...e voltar a olhar para você?

Que a Mãe, a Deusa, Deus, Jeová, ou seja lá qual for a sua crença, nos ajude!!!

Ainda:

Um 2010 com mais visão periférica para todos nós!!!

 

Beijo,

 

Kay

 
 

Saldo do dia? Nãoooo!!! Saldo do ano e de mais quantos anos eu quiser!

2009 está chegando ao fim. Temos, segundo o calendário egípcio e suas correções com anos bisextos, mais três diaszinhos inteirinhos dele para fazer tudo o que há para se fazer e ainda não foi feito!...?

E há algo ainda a ser feito, em 2009? Muito!!!

 

Você pode não resolver TODAS as suas questões em três dias, mas pode ser que consiga resolver três dias de questões!

Entre outras milhões de coisas que estão sendo feitas por todo o mundo, o tempo todo, está a retrospectiva. Eu vou fazer a minha, porque se não reflito todos os dias, que use o momento propício, quando está todo mundo falando de mudanças, de paz, de renovação e de amor, para dividir um pouco da minha retrospectiva, porque ela foi de extrema importância para constituir o ser humano que sou NESTE minuto, e que eu continue descobrindo mais e mais, enquanto divido, para constituir, sempre de maneira positiva, o ser humano dos minutos seguintes!

"...se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi!", eu não sou fã incondicional de Roberto Carlos, mas o cara é genial em seus momentos! Quantas traduções exatas de coisas que todo mundo já sentiu um dia, mas não teve talento para musicar?

Em 2009 eu descobri o que me incomodava em 2008. Em 2009 eu tomei diversas ações para ser uma pessoa melhor, em 2009, muitas vezes, eu fui uma pessoa pior, mas eu TENTEI!

Em 2009 eu aprendi que é impossível que tudo seja perfeito, mas você opta para onde vai olhar!

Em 2009 eu compreendi que assim como eu escolho as lutas que vou lutar, as pessoas também escolhem as suas e, principalmente, cada ser individual só é "salvo" partindo de si mesmo!

Em 2009 eu vi o verdadeiro amor no coração, e não, não estou sendo simplista e falando do amor romântico que sinto profundamente pelo meu marido, nem do amor que sinto por alguns de minha família e amigos. Não! Eu sinto que o homem está realmente mais consciente de suas atitudes, apesar de jamais poder esperar consciência coletiva de nada!

Em 2009 eu senti que a sanidade é algo muito fácil de se perder e de se ganhar, principalmente a mental! E ela leva TUDO com ela, se for embora!

Em 2009 eu descobri o meu verdadeiro sonho profissional e um pedaço do pessoal!

 

Em 2010 eu espero poder contar com vocês, para continuar descobrindo! Principalmente, na minha busca pelo amor nos corações!


PAZ, FRATERNIDADE E MUITO AMOR, além de um 2010 recheado de descobertas interessantíssimas, para vocês!

 

Beijo,

 

Kay




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, English

O que é isto?
Visitante número: